O futebol feminino em Portugal vem crescendo a cada ano, e a Divisão Premier Feminino é a principal liga da modalidade no país. Desde 2016, a competição passou a integrar a hierarquia do futebol português e tem se destacado pelo alto nível técnico e pela grande quantidade de talentos que surgem a cada temporada. Neste artigo, vamos apresentar mais sobre a Divisão Premier Feminino, seus times, jogadoras e curiosidades.

História da Divisão Premier Feminino em Portugal

A Divisão Premier Feminino em Portugal teve início na temporada de 1990/1991, quando a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) criou o Campeonato Nacional Feminino. A liga era disputada por apenas quatro equipes, mas a competição foi crescendo aos poucos e, em 1999, se expandiu para um formato de 10 equipes. O número de equipes só voltou a aumentar após a criação da Divisão Premier Feminino.

Em sua primeira temporada na Divisão Premier Feminino, a competição foi disputada por oito equipes e, em 2017-2018, passou a ser formada por dez clubes. O formato de disputa é de pontos corridos, onde as equipes se enfrentam em dois turnos e quem conquistar mais pontos ao final dos jogos é o campeão. As três melhores equipes ao final da temporada se classificam para a Liga dos Campeões Feminino da UEFA.

Times da Divisão Premier Feminino em Portugal

Atualmente, dez times participam da Divisão Premier Feminino em Portugal, são eles: SL Benfica, Sporting CP, SC Braga, Amora FC, Boavista FC, Clube Condeixa, CS Marítimo, CF Os Belenenses, GD Estoril Praia e Famalicão.

O SL Benfica é o atual campeão da competição, tendo conquistado seu primeiro título na temporada 2020/2021. O Sporting CP, por sua vez, é o maior vencedor da história da liga feminina, com nove títulos conquistados. O SC Braga é outro clube em ascensão na modalidade e tem conquistado ótimos resultados, inclusive alcançou a fase de oitavas de final da Liga dos Campeões Feminino da UEFA em 2020.

Jogadoras de destaque na Divisão Premier Feminino em Portugal

A Divisão Premier Feminino em Portugal tem revelado diversas jogadoras de destaque, que acabam se destacando internacionalmente. Entre elas, podemos destacar a atacante Ana Borges do Sporting CP, eleita a melhor jogadora da Liga Feminina na temporada 2016/2017 e que já defendeu a Seleção Portuguesa em duas edições do Campeonato Europeu Feminino da UEFA.

Outra jogadora que vem ganhando destaque na competição é a atacante Cloé Lacasse, que atualmente joga no SL Benfica e já conseguiu marcar 14 gols na temporada 2020/2021. A meio-campista Andreia Norton, do SC Braga, é outra jogadora que vem se destacando na competição e já foi convocada para a Seleção Portuguesa.

Curiosidades sobre a Divisão Premier Feminino em Portugal

A Divisão Premier Feminino em Portugal tem suas particularidades, entre elas, podemos destacar o jogo entre Sporting CP e SL Benfica, que é conhecido como “derby” e costuma chamar bastante atenção. Outra curiosidade é que a equipe do Amora FC foi a primeira equipe da modesta cidade do Seixal a se profissionalizar no futebol feminino e vem fazendo história na competição.

Conclusão

A Divisão Premier Feminino em Portugal vem se consolidando como uma das principais competições da modalidade no país e tem se destacado pela qualidade técnica dos jogos e pelo surgimento de novos talentos. Com a crescente valorização do futebol feminino em todo o mundo, a expectativa é que a competição continue crescendo e conquistando cada vez mais espaço. E você, está acompanhando a Divisão Premier Feminino em Portugal? Deixe seu comentário!